[GUIA] Conflitos entre gangues: tipos, características e consequências

Dicas e instruções das mais variadas espécies. Leitura obrigatória para jogadores iniciantes.
Avatar do usuário
Goose
Mensagens: 806
Registrado em: 30 Jul 2013, 09:25

[GUIA] Conflitos entre gangues: tipos, características e consequências

Mensagem por Goose » 04 Jan 2020, 10:57

1. TEMÁTICA DO TÓPICO E O QUE VOCÊ VAI LER SOBRE

Ao levarmos em conta que desenvolvemos o roleplay em um jogo que é pautado no estilo de vida gângster californiano, é importante que saibamos o quão indispensável é ter conhecimento sobre alguns detalhes desta cultura, para que através dessas informações, forneçamos o melhor tipo de interpretação não só aos membros da nossa organização, mas como para todas as partes interessadas.

Imergir, interpretar e contribuir num cenário gângster pode não se tratar de uma coisa fácil, uma vez que o cenário californiano é repleto de gangues com diversas culturas, variações e contextos históricos. Entretanto, apesar dessas ramificações, podemos nos nortear com fatores que, em grande maioria esmagadora, são padrões para quem desenvolve esses tipos de personagens e facções.

A partir do guia a seguir, iremos trabalhar a forma com que conduzimos as relações gangue-com-gangue dentro do cenário interpretativo, pontuando algumas questões importantes para que provoquemos um ambiente realístico sem as características aguçadas de DeathMatching. Em adendo, apesar de todos os tópicos que serão pontuados, sempre existem particularidades dentro de cada organização, mas que cabem ao líder e seus membros aplicarem senso no momento da interpretação e desencadeamento do conflito. O guia defende que uma nova postura na interpretação de gangues no cenário pode ser adaptada, postura essa que pode ser caracterizada por conflitos mais empolgantes, esclarecidos e realísticos, além de uma interpretação de personagens muito mais apaixonante.

Este guia também te encaminhará através de informações que podem agregar ao desenvolvimento de sua facção e personagens. Um dos objetivos deste tópico é também de te provocar o senso crítico para o desenvolvimento da sua facção, partindo do pressuposto que ela não precisa de um conflito para que seja desenvolvida, tampouco que viva em guerra constante, já que todo tipo de conflito traz consequências.

Aproveite a leitura e saiba que este tópico pode se tornar colaborativo, então conforme o seu nível de opinião for válido e as discussões surgirem, as informações poderão ser integradas no tópico com os devidos créditos.

2. PANORAMA BREVE SOBRE GANGUES

Antes de aprofundarmos neste assunto delicado para gangues, e que é a essência do tópico, precisamos levantar alguns fatores básicos a serem considerados, tanto no senso realístico quanto em senso de conduta no roleplay, ou seja, de normas e acordos da comunidade.

Dentro da construção e planejamento de facções existe um conceito que é comum a todas elas, independente de ser uma facção legal ou ilegal, que é o modus operandi. Facções operam e possuem características únicas que as diferenciam entre, de maneira macro, facções legais e ilegais, e de maneira micro, facções de gangues de rua, facções de máfia, facções de motociclistas, e etc., todas com suas devidas formas características de agir.

Tratando do nosso objetivo, que são as gangues de ruas, entenderemos como podemos proporcionar uma imersão mais fiel dentro da noção de conflitos e interpretação de personagens em geral. Mais uma vez pontuando, este artigo ressalta que cada gangue possui suas culturas e particularidades, que é o motivo de termos tamanha variedade de organizações, mas isto não afeta o senso comum delas, que é o que as fazem se encaixar neste nível de gangues de rua. Até porque, para sobreviver de maneira adequada, todos esses grupos precisam se submeter à cultura generalizada de modelo mental que são frutos de "organizações superiores" ou contextos históricos, caso contrário ela pode estar comprometida.

Gangues são grupos informais horizontais semi-organizados, divididos por cargos internos que equivalem ao nível de moral nas ruas, mas que geralmente sempre desempenham as mesmas funções e atividades, com exceção dos maiores níveis hierárquicos, que possuem nível de poder, atividade e representação diferenciada. Ao mesmo tempo, todos são passíveis de ocupar qualquer posição dentro da organização, isto porque os indivíduos estão em mesmo nível de classe social, econômica, escolaridade, competência e com objetivos similares. Tudo isto porque as gangues sempre surgem de objetivos específicos, e provavelmente somente por esta razão que elas crescem através de metas padrões e possuem culturas equivalentes.

Destrinchando ainda mais, precisamos entender que gangues possuem atividades primárias e atividades secundárias(ilegais ou não). Gangues surgem visando união de determinada comunidade, ou seja, visando proteção, visando expressar algum orgulho, diferente da mentalidade que acontece hoje, na interpretação "SA:MPiana", gangues não se iniciam pela busca de dinheiro, pela busca de vingança, pela busca de expansão imediata, pela busca de atividades criminais. Existem facções que surgem com esses objetivos, mas este não é o caso das gangues de ruas da Califórnia, que é o nosso objeto de estudo e referência interpretativa.

-> Ficou confuso? Experimente pensar de maneira crítica ao que é mais possível de se acontecer:
* Sua união à pequeno grupo de pessoas na intenção de matar alguém OU Sua união à um pequeno grupo na busca de status, proteção e companhia?
* Sua união natural às pessoas da sua comunidade OU Sua união de maneira forçada às pessoas da sua comunidade por objetivos que sequer são os seus?
* Ou, por exemplo, num time de bairro ou de faculdade, você começa a fazer parte para expressar o seu orgulho, conquistas, defender algo e/ou ganhar status, ou entra já imaginando nas oportunidades de briga e confusões?
Ainda não ficou muito claro? Sabe aquela ideia de ter que conviver com uma pessoa pra só depois enxergar os podres dela? Experimente trazer isto para as gangues. Gangues buscam transmitir uma boa imagem, principalmente para os locais do bairro, até porque esta é a maneira de se ter um recrutamento efetivo. Imagem (ou identidade) esta que é de de proteção, união e status. Portanto, o quesito criminal só chega em segundo plano, quando você de fato começa a entrar mais afundo.

Apesar de nos aprofundarmos em milhares de artigos e vídeos, é evidente que talvez nunca conseguiremos transmitir a verdadeira vivência de gangues da Califórnia, isto porque não vivemos o dia a dia para entendermos como é o funcionamento interno, como é a imagem dessas organizações na rua, como a influência deles chega à população, etc., fora que isto ainda atinge um quesito social de cultura intrínseca e construída durante as décadas. Então, como saberemos como interpretar o dia a dia de uma gangue?

-> A seguir será fornecido um norte para a interpretação, que tal adaptarmos algo similar?

Lembra do modus operandi que conversamos? Podemos fazer certa aproximação da interpretação das gangues com as torcidas organizadas brasileiras. Sabe aquele sentimento explosivo de orgulho sobre andar com a camisa do time, defender de qualquer maneira, sentir até vontade de bater em quem ofende seu time, xingar o rival, etc.? Esta é a forma de como poderíamos interpretar gangues. Odeia quando desrespeitam o seu time? Faça o mesmo In Characterly, mas para a sua gangue. O leque de oportunidades para comparações é gigantesco.

Gangues são mais torcidas organizadas do que cartéis ou organizações de venda de droga; Gangues são mais torcidas organizadas do que associação de assassinos; Gangues são mais torcidas organizadas do que quadrilha de assalto.
Vestir com orgulho as cores do seu time e ter amizades que compartilham dos mesmos interesses, além do status, valem mais do que o submundo podre deste meio.

3. CONFLITOS EM RELAÇÃO GANGUE-COM-GANGUE

Toda relação humana traz benefícios e prejuízos, algumas delas são majoritariamente beneficiárias, já outras em grande maioria só prejudicial. Da mesma forma que as relações de conflito gangue-com-gangue, algumas também trazem ambos os frutos. Portanto, assim como um conflito pode ser bom para a sua gangue, ela também pode trazer males irreversíveis. E você precisa considerar e pensar sobre isso.

Antes de entrarmos mais afundo neste tópico, é interessante que entendamos que existem níveis(ou graus) de conflito entre elas, neste caso podendo ser melhor explicado por: INTENSIDADE DO CONFLITO.

-> No cenário roleplayístico e real, alguma vez você já parou para perceber os graus de intensidade de conflito entre gangues? Vamos tentar imaginar:

3.1 CONFLITO DE INTENSIDADE ALTA:
Conflitos de intensidade alta podem ser de curto prazo ou de longo prazo, mas não necessariamente de médio. Este nível se trata sobre aquele nível de ódio carregado o tempo inteiro, é mais favorável que esses conflitos sejam carregados com embasamento histórico (e presente/contínuo) ou por conta de algum evento recente. Se tratam dos conflitos mais sangrentos e geralmente os mais conhecidos por quem está fora deste "contexto gângster", este conhecimento chega à população através de histórias, fofocas, noticiários sobre acontecimentos grandes.
Em situações de longo prazo: Geralmente algumas gangues possuem seus arqui-inimigos, que é onde entram os conflitos de intensidade alta, é aquele momento em que todas as suas energias e esforços estão voltadas para "uma só" gangue rival, como é a clássica história californiana de conflitos Bloods & Crips ou Norteños & Sureños, ambas possuem principalmente o seu embasamento histórico e vivem por rivalizar contra este inimigo.
Em situações de curto prazo: gângsters odeiam ser chacota ou serem desrespeitados, principalmente por pessoas que eles não fazem ideia de quem sejam. Geralmente os conflitos de curto prazo de alta intensidade surgem em momentos inesperados, imagine só: membro de gangue X vai até uma festa onde se encontra outro membro de gangue Y, ambos têm uma discussão e um ofende ao outro e sua gangue, a reação imediata é um tiroteio ou uma briga, que nunca termina bem. A próxima reação é uma retaliação e/ou vingança, e posteriormente de novo, e de novo. Porém, chega um momento que tudo aquilo passa a perder sentido, justamente porque seus verdadeiros arquirrivais usam a distração deste momento para penalizar ainda mais. Esses conflitos de alta intensidade e de curto prazo são movidos inteiramente por reações emocionais, e dificilmente são duradouras.

3.2 CONFLITOS DE INTENSIDADE MÉDIA:
Conflitos de intensidade média geralmente são movidos por objetivos específicos: expansão de território, disputa por tráfico, aversão entre membros, racismo, preconceito de qualquer tipo. São os conflitos mais populares e são os que fazem a atmosfera gângster rodar, além de serem os mais interessantes de se interpretar. Esses conflitos podem ser de curto, médio e longo prazo, tudo é pautado em cima dos objetivos pontuados anteriormente.
Curto prazo: resolução de problemas da aversão entre membros, podendo ser até através de assassinatos.
Médio prazo: disputa por tráfico e/ou território.
Longo prazo: racismo ou preconceito.

Geralmente se tratam daqueles conflitos principalmente provocativos. Já visitou a página ou o vídeo de alguma gangue em que a maioria dos comentários são diversas gangues a xingando? Geralmente são os conflitos secundários de uma gangue e não necessariamente precisam ser totalmente sangrentos, este conflito é voltado principalmente para o fato de ver quem é o mais poderoso. Quem mais tem influência na rua, na música, no ramo digital e afins?

3.3 CONFLITOS DE INTENSIDADE BAIXA:
Conflitos de intensidade baixa são os menos conhecidos, são as típicas disputas que dificilmente chegam ao seu conhecimento a não ser que haja uma pesquisa muito específica, muitas vezes limitantes até ao conhecimento somente dos membros da gangue. São conflitos que são respaldados com base na inveja, provocações ou confusões idiotas, e que muito provavelmente não tomam grandes proporções devido ao alto comando da gangue, às entidades de alto comando ou simplesmente por ser constrangedor esboçar tal conflito, principalmente por ao final ser mais prejudicial do que benéfico.
Muitas vezes existem perguntas: como assim existem tretas entre gangues sureñas? Em maioria, essas confusões se tratam de conflitos de intensidade baixa, salve exceções de gangues extremamente violentas e que literalmente não respeitam os princípios do programa. É evidente que podem ocorrer mortes neste tipo de conflito, mas com certeza é algo completamente raro.
É o tipo de confusão que facilmente pode se tornar em uma de média intensidade, mas não acontecerá contanto que um dos lados não perca a paciência.

-> Lembra da comparação com torcidas organizadas brasileiras? Experimente adaptar aquilo para entender este conceito de nível de intensidade de rivalidade.
* Conflito Grêmio x Internacional "sendo comparado" com Crips x Bloods, de intensidade alta;
* Conflito Corinthians x Internacional "sendo comparado" com Sureños x Bloods, de intensidade média;
* Conflito Juventude x Internacional "sendo comparado" com conflitos entre sets de gangue sureña, de intensidade baixa;
Outra coisa importante a ser considerada é sempre o fator de georreferenciamento. É muito mais propício que você tenha níveis diplomáticos com gangues ao seu redor do que com gangues que estão do outro lado da cidade. Então lembre-se de considerar: é provável o nível de intensidade de conflitos esteja alinhado com o nível de distância da sua gangue.

Agora com a consciência de que nem todos os conflitos são iguais, significando que eu preciso identificar em qual a minha gangue vai se encaixar para uma boa interpretação, preciso entender quais são os principais pontos que podem resultar em um conflito na relação gangue-com-gangue: O QUE SÃO MOTIVOS PARA CONFLITO?

Da mesma forma que um cidadão normal não arruma uma confusão aleatória com outro indivíduo na rua, a sua gangue também não arrumará confusões com outra simplesmente por ser outra gangue, principalmente se esta for de uma localização completamente diferente, com intenções diferentes e coisas do tipo. Portanto, esbarrar com outra gangue na rua não é motivo para conflitos e xingamentos desnecessários. Você faz isso ao ver alguém na rua com o mesmo nome seu na rua? Ou com a mesma camisa? Gângsters não são animais racionais e de sangue frio, como a maioria interpreta. Procure interpretar mais olhares desconfiados ou encaradas e coisas do tipo, que é o mais correto de se acontecer. Até porque você não sabe quais consequências podem acarretar se você arrumar uma briga com aquela gangue que você sequer sabe qual o background ou quais são os aliados.

-> Sendo assim, quais são as causas mais conhecidas e comuns de desencadeamento de conflitos no meio gângster californiano?

QUANDO AFETA O LUCRO OU O DINHEIRO: coisas que afetem o poder monetário da gangue ou de um gângster podem se tornar causas para o início de uma confusão, desde um dano à algum patrimônio até a disputa por tráfico. Lembra quando comentei que gângsters odeiam ser desrespeitados, mesmo que involuntariamente ou indiretamente?

QUANDO AFETA O PODER: isto pode se resumir ao poder territorial ou poder de reconhecimento. Se uma outra gangue começa a popular áreas que pertencem à sua, aquilo com certeza resultará em um conflito. Da mesma forma que se um graffiti for feito numa gangue aliada, neutra ou rival também afetará. A vizinhança para uma gangue é como a sua casa, como você se sentiria se alguém chegasse rabiscando as paredes ou te xingando na sua própria casa? Esta disputa de poder também acontece na internet nos dias de hoje.

QUANDO AFETA A MORAL: como gancho para a disputa nas internets, o mesmo pode acontecer em situações de músicas ou em brigas (individuais ou em grupo, em festas ou na rua). Se um rap escrito ofende determinada gangue, independente do seu nível diplomático, aquilo pode afetar a relação entre ambas.

QUANDO AFETA CARACTERÍSTICAS DE ETNIA/RAÇA:: gangues podem entrar em conflito por questões de preconceito racial, como por exemplo no caso de gangues supremacistas contra gangues afro-americanas. O mesmo pode acontecer, por exemplo, quando determinada gangue é multi-étnica e outra gangue não admite isso, portanto ambas entraram em conflito, justamente por afetar os princípios básicos uma da outra. Exemplo que pode ser considerado: 18th Street e Mara Salvatrucha.

QUANDO CONSIDERA CORES REPRESENTATIVAS: pasmem, mas gangues podem entrar em conflito simplesmente pela cor que representam. Se uma gangue usa azul e o seu arquirrival usa vermelho, esta gangue azul pode entrar em conflito com outra gangue aleatória que usa vermelho simplesmente por usar vermelho, independente de níveis diplomáticos ou de programa. Exemplo que pode ser considerado: gangues sureñas que entram em conflito com outras gangues sureñas que usam vermelho.

QUANDO CONSIDERA FATORES PRISIONAIS/DE ORGANIZAÇÕES SUPERIORES: a grande maioria das gangues estão atreladas com organizações prisionais, simplesmente pelo fato de que ao serem presas, precisam de proteção. Gangues prisionais controlam até certo ponto as operações nas ruas, justamente por serem mais experientes, controlarem várias operações ilegais e serem as responsáveis por cuidarem das diplomacias do programa. A partir do momento que essas entidades superiores determinam uma guerra nas ruas, todas as que estão submetidas ao programa precisam obedecer, caso contrário isso pode acarretar problemas futuros dentro da prisão, para todos os membros. Portanto, algumas vezes essas gangues entram em conflito simplesmente para obedecerem ordens ou "pedidos aliados"(apesar de não ser nem um pouco comum). Exemplo que pode ser considerado: green-light aplicado à gangue Maravilla pela Mexican Mafia, onde todas as gangues sureñas tiveram conflito declarado contra a gangue de cor verde.


4. DOS PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DE UM CONFLITO GANGUE-COM-GANGUE

Com isto posto, o que você acredita ser mais assertivo ao pontuar os pontos positivos e negativos de um conflito? Será que entrar em conflito com determinada gangue pode te trazer mais benefícios ou prejuízos?

Quais são os pontos positivos de um conflito?
- Maior engajamento das partes interessadas;
- Poder bélico aumenta;
- Sua organização pode crescer em poder;

E quais são os pontos negativos de um conflito?
- Mortes podem acontecer, tanto de membros quanto de inocentes;
- Poder e concentração de tráfico diminui;
- Novos rivais podem surgir;
- Sua representatividade pode diminuir, partindo do pressuposto que, ao estar em guerra, você não pode ser pego despreparado nas ruas;

A que ponto é necessário que a minha facção viva uma guerra, independente da intensidade? Com certeza um conflito agrega para o desenvolvimento, mas saiba escolher e conduzir o conflito da maneira correta, caso contrário a sua facção pode terminar com má fama ou até ser extinta por questões OOCly.

Imagem
Representação sobre a Watts Truce, no filme "Straight Outta Compton: A História do N.W.A.": ler sobre.
Posted in the gutter or the streets where you shouldn't go, heard they selling yay-o but I can see they got it up their nose. I kiss my mother every day 'cause I might not make it home.
Motherfuckers gettin' mad 'cause we the realest ones to do it.



Avatar do usuário
Goose
Mensagens: 806
Registrado em: 30 Jul 2013, 09:25

Re: [GUIA] Conflitos entre gangues: tipos, características e consequências

Mensagem por Goose » 04 Jan 2020, 10:58

Posted in the gutter or the streets where you shouldn't go, heard they selling yay-o but I can see they got it up their nose. I kiss my mother every day 'cause I might not make it home.
Motherfuckers gettin' mad 'cause we the realest ones to do it.

Avatar do usuário
Ferreira
Mensagens: 621
Registrado em: 29 Jul 2013, 10:45

Re: [GUIA] Conflitos entre gangues: tipos, características e consequências

Mensagem por Ferreira » 04 Jan 2020, 10:59

aulas........

Avatar do usuário
Bubba
The White Lotus
Mensagens: 4203
Registrado em: 27 Jul 2013, 15:19
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Discord: Bubba#7980

Re: [GUIA] Conflitos entre gangues: tipos, características e consequências

Mensagem por Bubba » 04 Jan 2020, 14:05

o amigo é bom mesmo viu?
bjoca te amo! :kiss:



Avatar do usuário
Lomeu
Mensagens: 1076
Registrado em: 16 Jul 2018, 13:56

Re: [GUIA] Conflitos entre gangues: tipos, características e consequências

Mensagem por Lomeu » 04 Jan 2020, 18:49

aí cê deu aula

Avatar do usuário
Philipe
Mensagens: 4953
Registrado em: 14 Dez 2013, 12:04
Localização: fedorentos crew

Re: [GUIA] Conflitos entre gangues: tipos, características e consequências

Mensagem por Philipe » 04 Jan 2020, 19:32

GOD-LIKE!!!!!!!

Simplesmente foda. Se todas as gangues seguissem isso, com certeza os conflitos seriam mais bacanas de adaptar na interpretação e inclusive levar à frente. Quantas vezes já não tive de ignorar conflito atoa por gente sem ideia disso só pra não fuder o develop da facção, sendo que seria algo divertido ao mesmo tempo. É foda, e aí tem nego que caga e acaba por fuder não só o conflito, mas a facção também.

Pegando a ideia de gangues SO.CAL (do sul californiano-Los Angeles) como base de interpretação, como esse guia faz, e seguir numa interpretação é muuuuuito mais imersivo, e dá uma noção melhor do ambiente. São poucas coisas que filmes promovem, é só ver notícias, alguns documentários, ou simplesmente ler guias como esse, do Goose.
Goose escreveu:Toda relação humana traz benefícios e prejuízos, algumas delas são majoritariamente beneficiárias, já outras em grande maioria só prejudicial. Da mesma forma que as relações de conflito gangue-com-gangue, algumas também trazem ambos os frutos. Portanto, assim como um conflito pode ser bom para a sua gangue, ela também pode trazer males irreversíveis. E você precisa considerar e pensar sobre isso.
Esse é o ponta pé inicial só, se nego soubesse se preocupar com essa parte, ele veria o resto ir no automático. Muito bom Goose, tomara que não arquivem isso como arquivam outros guias por aí bem atoa, sem motivo nenhum kkkkkkkkk, ainda bem que fixaram. Todo mundo deveria ler isso, muitas ideias aí não servem só pra gangues.
I ride around with my gun, this is not for fun
I stay protected cause my homie just took one to the lung
had him on life support, with his family support
he knew who shot him but he ain't even show up in court
yeah, thats a real g, nigga, he on a kill spree, nigga
the homie popped him so I hope he dont kill me, nigga

Avatar do usuário
Darkunite
Mensagens: 493
Registrado em: 17 Set 2017, 22:24

Re: [GUIA] Conflitos entre gangues: tipos, características e consequências

Mensagem por Darkunite » 05 Jan 2020, 09:31

Parabéns pela a iniciativa, consagrado.
Representou demais.

vitir
Mensagens: 1303
Registrado em: 21 Nov 2017, 14:28
Localização: ♰ goyas in peace

Re: [GUIA] Conflitos entre gangues: tipos, características e consequências

Mensagem por vitir » 05 Jan 2020, 10:23

muito bom o guia goose amigo

Responder