[Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Dicas e instruções das mais variadas espécies. Leitura obrigatória para jogadores iniciantes.
Avatar do usuário
Old World Mafia Boss
Mensagens: 1008
Registrado em: 03 Jan 2015, 16:39

[Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por Old World Mafia Boss » 07 Mai 2016, 17:00

"Essa é uma lição que muitos judeus da geração do meu pai aprenderam com a guerra. Atirar é ruim. Atirar é deplorável. Mas se um tiroteio ocorrer, é bom que você esteja no lado certo da arma. Auto-defesa. Uma das razões que fizeram os amigos do meu pai estarem inclinados à visão romântica do gangster judeu. Essa geração cresceu após o Holocausto, que havia perpetuado na mente de todos a imagem de judeus mortos sendo despejados nas covas em massa. Agora havia outra imagem, uma mais familiar: judeus armados, durões e destemidos. Não deixe o solidéu te enganar. Estes judeus podem te matar antes que você chegue perto de tocá-los. Bugsy Siegel, Abe Reles, Louis Lepke, antiheróis cuja própria bravata parecia providenciar outra opção..."
A Cultura

Primeiramente, assim como no roleplay ítalo-americano, é sempre melhor evitar esteriótipos. Isso não significa que você não pode reconhecer a cultura, só significa que você não deve criar uma conta chamada Abraham_Goldstein e andar por aí utilizando ternos caros e dizendo "Oy vey!".

Gangsters judeus são gangsters por uma razão. Eles, assim como os ítalo-americanos, são a exceção de seu grupo étnico, são a parcela corrompida de seu meio.

Criminosos deste agrupamento podem vir de qualquer lugar. A maioria deles possuem uma educação elevada. Comumente, foram para Israel entre 18-21 anos, voluntariamente, para receber o treinamento militar comum daquela terra. É assim também que muitos são recrutados. Judeus são orgulhosos de sua inteligência. Achar uma maneira esperta de resolver um problema vai te trazer mais respeito em uma organização do que sendo uma pilha de músculos.

Algumas coisas que criminosos judeus respeitam (em acordo com o Torá):

- Idosos e parentes (eles são considerados sagrados, não ouse tocá-los);
- Destruir uma alma é destruir a humanidade, salvar outra é salvar toda a humanidade (Talmude). (basicamente, caso não tenha problemas com algum judeu, confie no auxílio dele);
- Hospitalidade é uma das maiores virtudes;
- Um senso de comunidade (ir para a sinagoga em grupos, etc);
- Família e amigos;
- Ser luxurioso.


Coisas que eles preferem ignorar:

- Matar é proibido;
- Mentir é proibido;
- Comida kosher.

Com todos estes itens estabelecidos eu espero que vocês possam construir a ideia de como é um mafioso judeu no seu cotidiano. Concerne-se de um sujeito comum, podendo até mesmo ser alguém bem agradável. Mas assim que entrar em conflito com ele, tenha certeza de que ele vai fazer de tudo em seu poder para acabar com você.

A Estrutura

Para aqueles acostumados com o roleplay em outras facções ilegais, interpretar numa família criminosa judaica pode ser bem diferente. Diferentemente da Cosa Nostra, onde a autoridade e estrutura permanecem vivas e são respeitadas, as famílias judaicas do crime operam horizontalmente. Você VAI falar com os líderes ao ser introduzido. Vai ser convidado para o casamento deles, ou para fumar narguilé. Tudo isso se deve à estrutura horizontal da Kosher Nostra.

Isso significa que no fim das contas todos são iguais dentro da pirâmide. Você CONQUISTA seu respeito. Você não ganha ele barganhando com um cargo. Essa natureza aberta e amigável pode parecer estranha no começo, mas é uma questão de costume. Isso significa que um soldado pode pedir favores para seu capitão, ou até mesmo para os chefes. E vice-versa. Um dos principais aspectos desse tipo de organização é como eles dividem dinheiro. Todos os envolvidos ganham um corte igual, invalidando o costume ítalo-americano de divisão por cargos. Muitos criminosos judeus negociam o lucro que vão receber de acordo com a natureza do serviço que devem realizar.

Então, as principais linhas hierárquicas a se lembrar são:

- Membros mais experientes, os detentores de influência que entram em contato diretamente com o chefe da família;
- Soldados, pessoas reconhecidas dentro do grupo;
- Pessoas que ainda não foram introduzidas totalmente ao grupo.

A Religião

Sendo honesto, cabe a você como administrar isso da melhor forma. Você não precisa ser religioso para estar numa família criminosa judaica. É apenas uma trivialidade compartilhada pela maior parte dos membros destes grupos. Como você desenvolve o RP está em suas mãos. Mickey Cohen seguia a filosofia do Torá, principalmente aquelas relacionadas com ideias sobre a vida. Ia para a sinagoga uma vez por ano e rezava apenas quando sentia a necessidade de fazê-lo, sem compromisso com a sua crença.

A Linguagem

Em famílias criminosas judaicas o hebraico é a principal língua. Entre amigos, fala-se hebraico. Algumas vezes yiddish. Quando alguém se junta à conversa, torna-se inglês ou russo (muitos criminosos que atuam nesse tipo de organização são de origem russa ou ucraniana).

Algumas palavras úteis para você, além do clássico shalom:

Sababa - Relaxa
Balagan - Bagunça
Tachles - O topo
Combina - Acordo não-oficial
Lachfor - Alguém que fala demais

Nesse site você pode consultar mais gírias, sem a tradução: http://blogs.ubc.ca/nirel/2013/07/17/is ... pressions/

Se for fazer, é bom que faça da maneira certa...

Mafiosos judeus gostam de pensar em cada detalhe. Fazem tudo de forma limpa e eficiente. Sacrificam a intimidação pela discrição. Isso significa que eles podem parecer pouco presentes, e você pode sentir que está sobrepujando eles. Mas geralmente é o oposto. Ao invés de "enviar uma mensagem" através de um crime chamativo, os judeus fazem isso de forma mais simples. Uma bomba no motor de um carro pode ser uma boa forma de causar temor, mas a ideia de que nem toda letalidade é tão óbvia assim pode ser mais torturante. A cobra mais perigosa esconde-se na grama.

Uma tática comum para os judeus é sempre ter um advogado a sua disposição para aconselhar o grupo em termos de evitar os grilhões da justiça. Isso é muito importante.

Daniel e a Cova dos Leões

A melhor forma de se esconder é estando exposto. A máfia judaica não se oculta na sala dos fundos de um clube de strip. Você pode encontrar eles apostando em casas de jogos e conversando a céu aberto no condomínio, geralmente fumando narguilé. Por que agir de forma suspeita se você não tem nada a esconder?

Lucrando

As principais maneiras de fazer dinheiro para criminosos neste meio:

- Jogos de azar
- Roubos
- Assaltos
- Contrabando (principalmente de diamantes)
- Tráfico (armas, drogas e até mesmo humanos)
- Fraude
- Golpes
- Falsificações


Minha MP está sempre aberta para responder dúvidas sobre o tema. Não dispensem o detalhado tutorial do Franco acerca da história e cultura hebraica.

Avatar do usuário
Zahi
Mensagens: 1710
Registrado em: 23 Abr 2015, 19:44
Localização: elitists

Re: [Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por Zahi » 07 Mai 2016, 17:23

Sensacional, vai ajudar muito :mrgreen:
Bom trabalho, redword

Avatar do usuário
Sora
Mensagens: 211
Registrado em: 18 Fev 2015, 21:45

Re: [Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por Sora » 07 Mai 2016, 17:33

De ótima ajuda para quem tiver interesse em se aprofundar mais no tema.

Avatar do usuário
Big Macher Joey
Mensagens: 8
Registrado em: 19 Mar 2016, 16:20

Re: [Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por Big Macher Joey » 07 Mai 2016, 17:38

Imagem
גאָט היט די רויט צאַר
שטאַרק הערשער
מעמשאָלע פֿאַר כבוד
פֿאַר אונדזער כבוד

Avatar do usuário
Absurd Hero of Geneva
Mensagens: 1641
Registrado em: 12 Jun 2014, 00:11

Re: [Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por Absurd Hero of Geneva » 07 Mai 2016, 18:29

Muito bom, bu-ay.


Avatar do usuário
emetK
Mensagens: 1382
Registrado em: 15 Fev 2015, 03:16
Localização: boleros gang
Contato:

Re: [Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por emetK » 07 Mai 2016, 20:26

Muito bom, tirou umas dúvidas que eu tinha.

Avatar do usuário
Tesse
Mensagens: 2272
Registrado em: 27 Jul 2013, 12:52
Localização: Dallas, Texas
Discord: Tesse#3684
Contato:

Re: [Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por Tesse » 07 Mai 2016, 22:07

Muito bem elaborado.
"Only a handful of great NBA players have been successful shooting fadeaways. Michael Jordan was one of the most popular shooters of the fadeaway. Wilt Chamberlain, Kobe Bryant, Hakeem Olajuwon, Dwyane Wade, Karl Malone and Larry Bird are also well known for using this move. The even more difficult one-legged fadeaway has become Dirk Nowitzki's signature move and has been called by LeBron James the second most unstoppable move ever, only behind Kareem Abdul-Jabbar's skyhook."

Avatar do usuário
VINEWOOD MOBSTER
Mensagens: 1138
Registrado em: 26 Jan 2016, 01:29
Localização: Conde de Salzburgo

Re: [Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por VINEWOOD MOBSTER » 07 Mai 2016, 22:20

Zahi escreveu:Sensacional, vai ajudar muito :mrgreen:
Bom trabalho, redword

Avatar do usuário
Buchholz
Mensagens: 87
Registrado em: 10 Jan 2016, 19:55

Re: [Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por Buchholz » 08 Mai 2016, 00:08

Ótimo tutorial.

Avatar do usuário
Coronel Oculto
Mensagens: 212
Registrado em: 14 Jan 2016, 14:36

Re: [Guia] Interpretando a Kosher Nostra

Mensagem por Coronel Oculto » 08 Mai 2016, 12:00

Boa, Red.

Responder